Por que é importante ensinar gratidão às crianças?

Ensinar nossos filhos a dizer “obrigado” é importante, mas instilar verdadeiramente um sentimento de gratidão neles é outra questão. A gratidão vai além das boas maneiras – é uma mentalidade e um estilo de vida. Talvez alguns de vocês tenham se perguntado o porquê de algumas crianças crescerem sendo gratas e cheias de alegria, enquanto outras não. De fato, uma pesquisa da Universidade de Concórdia nos Estados Unidos procurou responder essa questão. Entre os vários resultados, os pesquisadores descobriram que existe uma relação entre gratidão incutida na criança e o excesso de complacência que receberam na infância.

Segundo o dicionário da língua portuguesa, complacência é a disposição habitual para corresponder aos desejos ou gostos de outrem com a intenção de ser-lhe agradável. Não é à toa, que essa pesquisa mostrou que as crianças que receberam um excesso de complacência dos pais durante a infância tiveram maior dificuldades de adiar uma satisfação, tinham um senso de gratidão menor e apresentaram um aumento nos valores materialistas. Já as crianças que tinham um sentimento de gratidão mais desenvolvido, expressaram que aprenderam a apreciar as pessoas que fazem parte do seu círculo e os sacrifícios que realizaram por elas. Aprenderam a dar valor a cada coisa que ganhavam, sentindo-se gratas pela abundância em sua vida. Não tiveram problemas em adiar uma gratificação em prol de outra coisa.

Não estou querendo dizer que os pais não podem ser complacentes com seus filhos, mas para evitar excessos, algumas dicas são importantes:

  1. Dê exemplo sendo grato pelas coisas que você tem em sua vida.
  2. Ensine seus filhos a dizer “obrigado”.
  3. Dê-lhes menos.
  4. Incentive-os a refletir sobre as pessoas em suas vidas e o que fizeram por elas.
  5.  Exija que as crianças ganhem algumas coisas.
  6. Atribua tarefas aos seus filhos. Pode ser coisas bem simples e de acordo com a idade deles.

Leave a Comment

0